Blog » Transportes

Plano para a ferrovia só tem 15% das obras no terreno

2018-02-13

Plano para a ferrovia só tem 15% das obras no terreno

Só 15% das obras previstas até agora no Plano de Investimeto em Infraestruturas Ferrovia se encontram no terreno, noticia o jornal Público desta terça-feira, 13 de Fevereiro. O plano, apresentado há dois anos pelo Governo, previa obras em 1.193 quilómetros de linhas férreas, entre modernização e construção.
Dos 528 quilómetros que deviam estar a ser alvo de intervenção até agora, só se registam obras em 79. ’Apenas a linha do Minho está verdadeiramente a ser modernizada, numa extensão de 43 quilómetros, entre Nine e Viana do Castelo’, escreve o Público.
Há ainda trabalhos entre Alfarelos e Pampilhosa. O Público diz que, dos vinte projectos existentes, quatro deveriam estar já concluídos e 10 deveriam estar em obras, segundo o que está definido pelo plano. Na maioria dos casos, o Ministério do Planeamento e Infraestruturas justifica o facto da calendarização não ser cumprida com os atrasos ocorridos na fase de estudos e projectos, bem como na avaliação de impacto ambiental. ’Mas muito deste atraso deve-se à paralisação a que a antiga Refer esteve sujeita quando se procedeu à sua fusão com a Estradas de Portugal.
O novo gigante daí resultante tornou difícil o arranque das obras devido às violentas reestruturações realizadas que redundaram numa menor capacidade de decisão da componente ferroviária’, explica o Público. O jornal faz ainda uma retrospectiva e clarifica que nenhum plano ferroviário foi cumprido deste o Estado Novo.

Voltar